Porque orçar sua obra

Planejar a sua obra com boa orientação profissional e consciente de todas as etapas do processo pode evitar gastos e erros de percurso.

O planejamento é a melhor e mais eficiente ferramenta para construir bem e aproveitar as qualidades do projeto e evitar desperdícios.

A preparação do orçamento de qualquer obra é um item fundamental para que o construtor possa estabelecer, com segurança, o cronograma da edificação. Com esses cálculos em mãos é possível, por exemplo, fazer a compra exata dos materiais necessários, de acordo com as etapas previstas na obra.

Os levantamentos do custo nem sempre são realizados pelo próprio arquiteto responsável pelo projeto. O mais comum é a contratação de escritório especializado para melhor detalhamento do material descritivo.

Cada vez mais  o pequeno construtor está consciente da importância do trabalho dos orçamentistas. Um bom levantamento de custos acaba gerando economia na construção, principalmente porque  evita desperdício na aquisição de materiais.

O importante é não se precipitar na compra do material para obra de uma só vez. O importante é que em todas as fases da obra o conjunto dos itens necessários e constantes do material descritivo esteja a disposição dos operários.

Imagine-se, por descuido ou falta de atenção, você fosse ao mercado e colocasse em seu carrinho muito mais mercadorias do que a quantidade de dinheiro que você havia reservado para as compras. Com certeza, a primeira alternativa seria devolver o que fosse supérfluo. Na construção, não é diferente.

Muitas vezes, o sonho acaba sendo poupado em razão da sua má preparação ou a sua construção  acaba excedendo o valor previsto. (Confira no vídeo ao lado esquerdo)

Conteúdo extraído da revista “Construção do começo ao fim”.

Independentemente de localização, recursos, prazo, cliente e tipo de projeto, uma obra é eminentemente uma atividade econômica e, como tal, o aspecto custo reveste-se de especial importância.

A preocupação com custos começa cedo, ainda antes do início da obra, na fase de orçamentação, quando é feita a determinação dos custos prováveis de execução da obra. O primeiro passo  de quem se dispõe a realizar um projeto é estimar quanto ele irá custar.

Orçamento não se confunde com orçamentação. Aquele é o produto; este, o processo de determinação.

(Aldo  Mattos)


Voltar

Compartilhe
[Facebook] [LinkedIn] [Twitter] [Windows Live] [Yahoo!] [Email]
  • Portal: Oferta de Materiais e Equipamentos

    Clique AQUI

  • Central de Negócios

    Os materiais em média pesam em torno de 60% do custo da construção residencial. Por este motivo, a PCLamin através da sua "Central de Negócios" visa gerar economia na sua construção, seja na compra conjunta de materiais novos (Central de Compras) e na compra e venda de materiais de segunda mão e materiais que sobraram em outras construções, saiba como:
    > Central de Compras
    > Em breve: Cadastro de serviços profissionais.
  • Dicas / Downloads